Música nas redes sociais além das dancinhas

Compartilhamento de receita da música no Facebook, deve deixar os conteúdos com músicas muito mais criativos. E, de quebra, gerar fonte de renda para criadores de conteúdo e artistas no mundo todo. Com essa nova atualização algumas coisas mudaram, e, nós da New Music Brasil estamos aqui para te mostrar como essas mudanças são relevantes na hora de criar um conteúdo. 

Entenda!

Compartilhamento de receita da música no Facebook

O Facebook apresentou recentemente uma nova ferramenta de monetização para criadores de conteúdos. Trata-se do compartilhamento de receitas de músicas. Que, em síntese, é uma nova maneira para criadores de conteúdo da rede social conseguirem ganhar dinheiro com músicas populares.

De acordo com a plataforma, a partir de agora, os criadores de conteúdo de vídeo poderão incluir músicas licenciadas em vídeos no Facebook e ganhar parte da receita do anúncio in-stream. Esta é uma nova maneira para criadores de conteúdo e detentores de direitos musicais ganharem dinheiro.

Com o compartilhamento de receita da música no Facebook, os criadores de conteúdo já podem inserir em seus vídeos músicas populares do catálogo licenciado da plataforma, incluindo artistas, como Brenno e Matheus, Joel Carlo, Davi e Fernando, Cacio & Marcos, Herança, Gaby Violeira, Murilo e Romário, Terra Celta, Bruno e Breno, Anuar, Jonnie Cake, Lorenah, Thiago Castelli, Kamikaze do Gueto, DogBeat, Luna & Vitória, Maurício & Eduardo, Rapha Damasceno, Fogaça & Zambianco, Julia Sartori, Ale Maluf, João Marcio & Fabiano, Léo e Lotto, Tainan, Bruno Reis & Thiago, Mazzo e Gabriel, Chico Teixeira, Dudu e Eliseo Pasquali, 𝖧𝖠𝖪𝖧𝖠𝖬, Raphaello, Wagner Fulco, Tony e Neto, Refinaria, Antunes e Rafael, dentre outros. 

Esse recurso é o primeiro do tipo no setor na música. Nenhuma outra plataforma oferece esse modelo de receita, na mesma dimensão para os criadores de conteúdo.

Afinal, como funciona o compartilhamento de receita de músicas?

Em resumo: sempre que um criador de conteúdo usar uma música licenciada em seus vídeos de 60 segundos ou mais no Facebook, o criador de conteúdo pode ganhar dinheiro por meio de anúncios in-stream.

E o artista, como fica?

É aqui que entra a grande novidade para o setor. Pois, parte da receita desses vídeos será transferida aos detentores dos direitos autorais.

Detalhes e qualificações

Os criadores de conteúdo de vídeo ganharão 20% da receita dos vídeos qualificados. A outra parte será destinada aos detentores de direitos e à Meta.

Todo o conteúdo criado deve seguir as políticas de monetização do Facebook, os Padrões da Comunidade e as diretrizes de música. Músicas ou vídeos que violarem estes termos poderão sofrer penalizações, como a desmonetização.

Os vídeos qualificados precisam cumprir estes critérios:

  • O vídeo deve ter 60 segundos ou mais e precisa ser carregado em uma página do Facebook;
  • A música usada deve estar disponível na biblioteca de música licenciada do Facebook, que contém todas as músicas qualificadas para o compartilhamento de receita da música;
  • O vídeo deve incluir um componente visual. A música licenciada não deve ser o propósito principal do vídeo.

Para deixar claro: como funciona o compartilhamento de receita da música?

O criador de conteúdo irá carregar um vídeo (60 segundos ou mais) em sua página do Facebook de forma direta. Caso a música se qualifique para o compartilhamento, o criador de conteúdo verá uma notificação na Caixa de Entrada de Suporte confirmando isso.

Após a publicação do vídeo na página, o criador de conteúdo receberá uma notificação confirmando que o vídeo está gerando e compartilhando a receita. Os criadores de conteúdo podem monitorar o progresso dos ganhos esperados com anúncios in-stream a qualquer momento no Estúdio de Criação.

O compartilhamento de receita da música começou a ser disponibilizado no dia 25 de julho de 2022 para criadores de conteúdo de vídeo em todo o mundo. 

Em fase de implementação no Brasil

Para começar, os vídeos qualificados estão sendo monetizados com anúncios in-stream nos EUA. A expansão para o restante do mundo onde a música está disponível no Facebook acontecerá nos próximos meses de forma gradativa.

Essas iniciativas ajudarão a aproximar criadores de conteúdo e o setor da música, gerando conexões mais autênticas com os fãs.

Gostou de saber dessa nova atualização? Caso ainda tenha dúvidas sobre todo esse processo, não hesite em entrar em contato conosco! O time de Marketing da New Music Brasil estará a postos para ajudar em quaisquer dúvidas apresentadas. 

O ecossistema musical está crescendo cada vez mais a cada dia que passa. Portanto, não fique por fora dessas atualizações e sempre esteja presente aqui no blog da New Music para entender tudo o que está acontecendo no mercado musical. 

Entenda o que uma gravadora musical faz para o seu artista e como o marketing musical digital é uma estratégia necessária dentro da carreira musical dos cantores. 

De resto, te vemos no próximo post? 😏🎶

Publicidade

Publicado por Camila Mateiro - Redatora Sênior

Formada em Pedagogia, mas apaixonada pela escrita o suficiente para largar a profissão e ir atrás das letras soltas que formam palavras, que formam frases, que formam parágrafos, versos, músicas… e até mesmo bula de remédio. Nunca sei o que escrever nessas biografias… Virginiana com ascendente em Aquário, lua em Sagitário e vênus em Câncer, um pequeno complexo de palavras bagunçadas ou apenas uma fã do Jão, filmes de terror, princesas da Disney, livros de poesia, literatura brasileira e The Sims?

6 comentários em “Música nas redes sociais além das dancinhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: