Marketing digital musical: o que é, como fazer e cases de sucesso da New Music Brasil

O digital tomou conta de grande parte do comércio. Em pleno século XXI, é difícil encontrar alguém que não se adequou e tornou-se adepto da internet e das redes sociais. Especialmente os artistas vêm fazendo uso do marketing digital musical, como uma estratégia para alavancar as vendas. Mas, você sabe o que é e como deve ser colocado em prática? A New Music te ensina!

O mercado musical sofreu um grande impacto nos últimos dois anos, em decorrência da pandemia. Um dos principais locais de vendas para um artista, são os shows e os diversos eventos, que foram cancelados devido ao COVID-19. Esses foram alguns dos fatores que fez com que a maioria dos cantores se dedicassem ao marketing digital musical. 

Claro que, o marketing digital musical não começou devido aos acontecimentos de 2020. Ele é uma estratégia de marketing que vem ganhando força desde a chegada da era da Internet no mundo, ganhando popularidade no começo dos anos 2000. E, com a chegada das redes sociais, ele obteve ainda mais atenção. 

O conceito de marketing digital no meio musical é distinto do marketing por si só. Visto que, as estratégias podem parecer as mesmas, contudo, o público e o produto são diferentes. Para entendermos melhor o conceito, vamos começar pelo começo?

Mas, afinal, o que é e como funciona o marketing digital?

O marketing digital é composto por estratégias com o intuito de promover uma marca no ambiente online. Seja a marca referente a um produto, empresa, serviço, nome artístico, digital influencer, dentre outros. As marcas podem acompanhar, em tempo real, por todos os diferentes canais da internet, conferindo os métodos que mais funcionam para cada um. 

É impossível hoje em dia não apostar na Internet. Ela se tornou quase que essencial neste século. Vamos refletir por um instante, quando você quer comprar um produto, saber mais sobre um curso ou pesquisar outras músicas do mesmo cantor, para qual lugar você recorre? A Internet!

No mundo musical, quando um cantor começa a sua carreira, antigamente precisava ter uma gravadora, pelo menos algumas músicas e o single carro chefe. Se não conseguisse um investidor que pagasse pelo clipe, produção e material de divulgação, deveria arcar do próprio bolso. O processo, muitas vezes, era longo e demorado.

Com o marketing digital, e, agora, sua vertente no musical, o artista pode -e deve!- começar a seguir as estratégias nas redes sociais. Assim preparará um público que goste da sua proposta e terá o tempo adequado para preparar um projeto com todos os elementos de sucesso. 

Microempreendedores e cantores de aplicativos como TikTok e Instagram, são as principais marcas que fazem o uso do marketing digital. Saiba como isso funciona tão bem para eles!

Como funciona o marketing digital?

O dinamismo que hoje em dia a Internet tem é instantâneo. Ao postar um conteúdo nas redes sociais, seja ele para vender, uma foto, posicionamento sobre algo, dentre outros, você terá de maneira imediata um feedback dos seus seguidores. Seja em curtir a publicação, compartilhar ou comentar. 

As diferentes técnicas de criação de conteúdo para o digital podem ser utilizadas como um termômetro para te indicar qual dá certo com o seu tipo de público e qual não teve a aceitação prevista. Contudo, essa mensuração dos resultados é fácil e rápida. Caso a estratégia não tenha dado bons resultados, basta apenas mudá-la para outra. 

Quais são os quatro pilares básicos do marketing digital?

No marketing digital existem quatro pilares que devemos atentar e sempre segui-los para que as estratégias sejam bem aproveitadas. 

  1. Planejamento

O ponto chave: o planejamento! Ele deve estar presente em todas as etapas do marketing. Ele irá desenvolver e entender o que a sua marca precisa e para quem ela é. Pesquise sobre o público-alvo e a sua persona, focando em entender o que eles precisam, esperam e a sua rotina como consumidores nas redes sociais. 

  1. Conteúdo / atração

Com o público-alvo definido, este é o momento dos conteúdos relevantes, significativos e atrativos. Defina os objetivos da marca e parta daí para construir uma estratégia de conteúdos que serão distribuídos pela Internet. É a hora de testar todas as plataformas que existem! 

  1. Relacionamento / conversão 

Conseguiu chamar a atenção do seu público-alvo? Perfeito! Agora é a hora de convertê-los em seguidores e clientes. Convença-os a comprarem o seu produto, serviço ou a irem ouvir a sua música. Chame-os através de um CTA (Call To Action) e invista em criar conversas nos comentários com o fim de gerar engajamento. 

  1. Monitoramento / fidelização

O cliente comprou? Ótimo! Vamos garantir com que ele continue gostando da marca e passe a ser um consumidor fiel a ela. Há várias maneiras que podem ser feitas neste ponto. Certifique-se que entendeu como a sua persona age nas redes e parta dali. 

Agora que entendemos um pouco mais sobre o conceito básico do marketing digital, vamos adentrar ao vasto mundo do marketing digital musical. Bora lá?

Marketing digital musical: o que é e porque ele é necessário?

Porque o marketing digital musical passou a ser uma obrigação para o artista, sendo que ele consegue fazer o seu nome pelo marketing comum? Essa é uma das perguntas mais frequentes quando falamos no tópico. Bom, vamos lá! 

Antes do digital ser tão influente em nossa sociedade, os músicos ganhavam o seu público da maneira mais tradicional possível: panfletando! Isso mesmo, na era dourada dos CDs, era muito comum ver a equipe do profissional entregando panfletos de shows e lançamentos, também ver diversos outdoors nas cidades! 

Muitos artistas participaram diretamente desse processo, como Marília Mendonça e Roberta Miranda, que faziam questão de ir de porta em porta convidar o seu público a assistir os seus shows. Esse método, também, fazia com que os fãs se envolvessem ainda mais com o cantor. 

Saindo dos tempos das cavernas e voltando para a modernidade, quando o marketing digital chegou, revolucionou o modo de ‘‘panfletar’’ a música. Os artistas agora poderiam concentrar as suas vendas também no digital e não se preocupar apenas no analógico

Isso abriu portas a novos talentos, que, muitas vezes, não tinham tantas condições para realizar um marketing analógico completo. As redes sociais vieram com uma opção orgânica, onde com medidas estratégicas do marketing digital, conseguem alavancar a os perfis, gerando engajamento e tendo um impacto direto no analógico.

Vamos usar de exemplo a cantora Anitta. A carioca é mestre em marketing digital musical, conseguindo criar uma campanha com meses de antecedência para os seus singles. Uma das suas músicas mais recentes, ‘‘Envolver’’, foi estrategicamente inserida, aos poucos, no app TikTok, onde não demorou muito para tornar-se viral, mesmo que a música ainda não tenha sido lançada nas plataformas. 

Foram criadas coreografias, mostradas no perfil da Anitta, trends, challenges, dentre outras coisas, que inspiraram milhões de pessoas a gravarem os seus próprios vídeos divulgando a música. Como resultado, Anitta foi a primeira brasileira a ficar em primeiro lugar no Top 50 do Spotify! 

Qual é a importância do marketing digital musical?

Falando em streamings, o marketing digital musical impacta diretamente neles. Com uma boa assessoria e estratégias de mídias, a música lançada pelo cantor tem chances de emplacar em grandes playlists de curadoria. Quando conseguimos esse fato, a música é exposta para milhões de usuários do app. 

Outro exemplo, quando falamos em marketing digital musical é a equipe do cantor disponibilizar um link de pre save para o lançamento do single. Esse link tem todas as informações necessárias e as plataformas onde o single estará disponível. 

Geralmente, em um lançamento grande, algumas estratégias podem ser utilizadas. Como, realizar um sorteio para as pessoas que se cadastrem ou oferecer um material exclusivo. Isso irá gerar um engajamento nas redes sociais, visto que, o link será altamente divulgado. 

Agora que você sabe o conceito principal, vamos para a pergunta que não quer calar? 

Como fazer marketing digital para música? 3 dicas infalíveis! 

Como traçar uma boa estratégia de marketing digital musical que traga engajamento e gere lucros orgânicos e financeiros? Bom, nós da New Music Brasil te ajudaremos a descobrir um pouquinho da ponta do Iceberg!

Como falamos antes, os artistas precisam criar uma estratégia relacionada diretamente destacar-se entre a maré. Para isso, são utilizadas plataformas musicais, como os streamings e as redes sociais, como Instagram, TikTok, dentre outras. Elas ajudarão a impulsionar a carreira do cantor, distribuindo suas músicas em diversos lugares. 

Separamos três dicas infalíveis para começar a traçar uma boa estratégia de marketing digital musical. 

1. Invista tempo nas redes sociais! 

As redes sociais são e devem ser um dos aliados principais de um artista que quer fazer sucesso no século 21. Através delas pode-se monitorar pontos chaves como o público-alvo, encontrar onde estão a maioria dos seus fãs, interação direta com eles, promoção do conteúdo, dentre outras coisas.

2.  Plataformas digitais de streamings devem ter uma atenção especial.

Spotify, Deezer, Tidal, Resso, etc, precisam de atenção e investimento. A cada lançamento é necessário produzir um pitch, um texto curto e objetivo, mas cheio de estratégias de marketing para vender a sua música nas plataformas. Porque a sua música merece destaque nelas?

3. Planeje todos os seus passos.

Nunca esqueça de sentar junto a sua equipe e planejar todo e cada um dos seus passos. Desde o esboço do esboço, até as expectativas dos ganhos que pretendem conseguir após o lançamento. 

Entendi… New Music, me socorre! 

O marketing digital musical da New Music Brasil

O projeto de marketing digital musical realizado pela New Music reúne as métricas de monitoramento e as tendências do mercado, garantindo o sucesso em todas as etapas que um lançamento requer, incluindo a produção de um álbum, estratégias de pré-venda, criação de vídeos musicais, promoções, destaques, o pós lançamentos, dentre outros. 

A New Music conta com uma equipe que abrange todos os setores do marketing digital em todos os processos e etapas. Todo mês é realizado um planejamento mutável para garantir a melhor adaptação da estratégia em diferentes casos. 

Com experiência e excelência na atuação como distribuidora de músicas, a New Music também é parceira regional do iTunes, além de ser uma das maiores Networks de canais no YouTube, focando na propagação e monetização do conteúdo exposto. 

Quer saber um pouco sobre nossos cases de sucesso? Confira!

Cases de sucesso: bilhões de streams! 

A New Music Brasil tem um leque de artistas de imensos sucessos nacionais e internacionais. Afinal, são mais de 20 anos no mercado musical. Os cantores que fazem parte do time do marketing digital musical chegaram a conquistar mais de 30 milhões de streams em apenas um lançamento e, levando para casa, um disco de ouro! 

Separamos quatro cases de sucesso e o porque os seus perfis bombaram tanto nas redes sociais. Para cada um deles foi criado uma estratégia moldável e única para o seu público-alvo, o que garantiu a possibilidade de criar conteúdos específicos, gerando, assim, um engajamento maior. 

  • Bruno Reis & Thiago

A dupla sertaneja tomou conta do Reels do Instagram, chegando a bater uma média de 50 mil views por vídeo. Foram planejados diversos vídeos, que estão sendo lançados em horários e dias estratégicos. O conteúdo tem o propósito principal de ser engraçado, mas também para criar trends novas onde o público pode se inspirar e gravar a sua versão. 

  • DogBeat

O perfil oficial no Instagram da banda DogBeat é esteticamente agradável de se olhar. Mantendo o estilo baladeiro das suas músicas, foi pensando tudo nos mínimos detalhes, incluindo os destaques, que formam o nome da banda. 

  • Brenno & Matheus

Brenno e Matheus são uma dupla com uma agenda extremamente lotada. Portanto, foi pensando e repaginado o Insta deles para se moldar a tantas divulgações

  • Luna & Vitória 

Humanização é a primeira palavra para descrever a estratégia de marketing digital para as goianas Luna & Vitória. O perfil das cantoras é recheado de conteúdos que as levam mais perto dos seus fãs, interagindo com frequência com elas.

Podemos concluir que, sem o marketing digital musical é quase que impossível causar impacto e ter ótimos resultados em sua arte. É fato que estamos na era digital, onde a Internet comanda 90% de tudo o que fazemos. Por isso é tão importante realizar essa adaptação. 

Quer conhecer mais sobre a New Music? Estamos em todas as redes sociais, no site e no Blog! Não esqueça de compartilhar e comentar o que achou sobre o post. Se tiver alguma dúvida, estaremos prontos para te atender!

Te vemos na próxima? 

Publicado por Camila Mateiro - Redatora Sênior

Formada em Pedagogia, mas apaixonada pela escrita o suficiente para largar a profissão e ir atrás das letras soltas que formam palavras, que formam frases, que formam parágrafos, versos, músicas… e até mesmo bula de remédio. Nunca sei o que escrever nessas biografias… Virginiana com ascendente em Aquário, lua em Sagitário e Vênus em Câncer, um pequeno complexo de palavras bagunçadas ou apenas uma fã do Jão, filmes de terror, princesas da Disney, livros de poesia, literatura brasileira e The Sims?

20 comentários em “Marketing digital musical: o que é, como fazer e cases de sucesso da New Music Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: